Tablets CBD, o novo hype nº 1 | Sobre o que é realmente o CBD?
Fevereiro 28, 2022 by silvia

Os tablets CBD são o novo hype - mas o que é realmente o CBD?

Os comprimidos CBD são um dos muitos derivados do CBD, um componente chave da planta Cannabis Sativa. Apesar de ser conhecida há milénios, só nas últimas décadas é que a ciência tem feito avanços tangíveis na compreensão de uma das plantas mais antigas conhecidas pela humanidade, a Cannabis sativa. É desta planta que são obtidas as preparações de ervas psicoativas conhecidas como marijuana e haxixe.

Além da sua utilização como psicoativa, as plantas do género Cannabis já foram úteis em vários segmentos, incluindo o fabrico têxtil para as suas fibras naturais de alta resistência. De acordo com um estudo arqueológico, há evidências de que a Cannabis era uma planta conhecida há mais de 4.000 anos na Ásia. Esta planta foi possivelmente cultivada e usada como recurso terapêutico por curandeiros ancestrais. Depois disso, no século passado, a tintura da Canábis foi incluída na farmacopeia portuguesa, e mesmo nas primeiras edições do brasileiro, onde houve acesso detalhado aos processos de preparação desta forma farmacêutica, contendo ingredientes ativos da Canábis.

No século XIX, o uso de tinturas e extratos de canábis foi generalizado na Europa e América do Norte, em grande parte através da contribuição do médico irlandês Dr. Willian B. O'Shaugnessy e do psiquiatra francês Jacques-Joseph Moreau, que tinha descoberto este medicamento numa das suas inúmeras viagens ao Oriente.

pessoa segurando comprimidos CBD

No início do século XX, várias empresas farmacêuticas produziram medicamentos à base de canábis, incluindo os gigantes Merck (Alemanha), Bristol-Meyers Squibb (Estados Unidos) e Eli-Lilly (Estados Unidos). Décadas mais tarde, apesar do uso milenar da Canábis, numerosas restrições legais limitaram o uso medicinal de tinturas nos Estados Unidos, com a retirada oficial da farmacopeia na edição de 1941 com consequente eliminação do arsenal terapêutico dos médicos ocidentais.

O tratado internacional denominado "Convenção Única sobre Estupefacientes" publicado em 1961 pelas Nações Unidas (ONU), implementado nos Estados Unidos pela "Lei das Substâncias Controladas" de 1970, concedido à Drug Enforcement Administration (DEA) e à Food and Drug Administration (FDA) a responsabilidade de identificar quais as substâncias autorizadas ou proibidas, como listas classificadas I, II e III. A proibição teve consequências muito negativas para o estudo recentemente iniciado das propriedades medicinais da Canábis pela ciência ocidental, que tinha sido impulsionado pela descoberta do ingrediente ativo Δ9-tetrahidrocanabinol (THC) no início da década de 1970.

Composição de tablets CBD

Os comprimidos cbd são predominantemente feitos de CBD, um dos dois principais canabinóides presentes na Canábis. Para compreender as diferenças entre as classes de compostos discutidas neste artigo, é importante conceber o que são canabinóides, endocanabinóides e fitocanabinóides. Os compostos originalmente identificados em plantas do género Cannabis eram colectivamente chamados canabinóides, com efeitos associados aos recetores canabinóides (CB1 e CB2).

pílula de medicação branca em recipiente de plástico verde, como uma pastilha CBD

Hoje, com a diversidade de estruturas naturais e sintéticas de substâncias agindo sobre estes recetores, o grupo de compostos classificados como canabinóides foi muito expandido para que os de ocorrência natural e origem vegetal sejam chamados fitocanabinóides. Assim, endocanabinóide é o nome dado aos canabinóides de origem natural não-vegetal presentes endógenamente e produzidos pela estimulação fisiológica. Em suma, os canabinóides endógenos, que participam em processos fisiológicos, para diferenciar dos canabinóides exógenos, que podem ser fitocanabinóides ou canabinóides sintéticos.

Independentemente da classe ou origem química, os canabinóides atuam em recetores distribuídos por todo o corpo, com concentrações particulares no sistema nervoso central (SNC). Para o leitor interessado numa descrição mais detalhada, sugerimos a leitura. No contexto desta revisão, vale a pena recordar que o cérebro humano produz substâncias com ações semelhantes a fitocanabinóides como o THC. Estas substâncias são conhecidas como endocanabinóides, e dois dos seus representantes mais descritos são anandamida (AEA) e 2-arachidonoylglicerol (2-AG).

No entanto, os canabinóides vegetais mostram importantes diferenças estruturais e farmacológicas em relação aos canabinóides cerebrais. Isto significa que o cérebro produz uma espécie de "marijuana natural", mas não significa que os endocanabinóides do cérebro gerem efeitos subjetivos iguais aos relatados pelos utilizadores de marijuana. Do ponto de vista celular, os endocanabinóides e fitocanabinóides atuam em recetores canabinóides do tipo 1 (CB1) abundantemente expressos no cérebro, causando uma redução na libertação de neurotransmissor e diminuição da excitação neuronal. No entanto, dependendo da região cerebral em que os endocanabinóides são produzidos, geram efeitos fisiológicos muito diferentes.

Legislação relativa à canábis - onde estão as tabelas cbd?

Uma pessoa segurando comprimidos de medicina, alguns podem ser comprimidos de CBD

Após cerca de 50 anos da "Convenção Única sobre Estupefacientes" que proibiu a sua posse, consumo e venda, a Cannabis é reconhecida como a droga ilícita mais usada no mundo. Hoje em dia, há críticas severas à lógica utilizada na época para classificar substâncias psicoativas em substâncias legais e ilegais, arbitrárias e não relacionadas com o potencial destas substâncias para causar danos ao indivíduo que as utiliza, ou a outras no seu contexto social. A escala proposta por David Nutt, com base na avaliação objetiva dos psiquiatras, sugere diferenças em relação à classificação arbitrária utilizada na convenção das Nações Unidas.

Considerando os danos físicos para o indivíduo, danos sociais para familiares/comunidade e potencial para causar dependência, substâncias ilícitas como heroína, crack, cocaína e metanfetamina foram classificadas como de alto risco. No entanto, a marijuana, o ecstasy e o LSD foram classificados como inferiores às substâncias agora consideradas legais, como o álcool e o tabaco.

No que diz respeito a canabinóides específicos, como o CBD (o principal componente dos comprimidos de CBD) tem havido enormes sinais de progresso no direito internacional que legaliza estes produtos. As tabelas cbd são agora totalmente legais em vários países em todo o mundo. Na verdade, você pode facilmente obter tablets CBD em lojas de rua, ou comprá-los a retalhistas on-line.

Para que são utilizadas as tabelas CBD?

Os tablets CBD são comprados por uma variedade de razões. Os clientes procuram principalmente efeitos de relaxamento, incluindo a redução do stress e da ansiedade. Os comprimidos de CBD também são úteis na redução da inflamação em várias partes do corpo, ajudando assim a recuperação muscular. Os comprimidos de CBD tendem a ter efeitos leves, que começam com uma sensação geral de bem-estar melhorado, seguido de efeitos positivos no corpo e no cérebro. É impossível ter uma overdose em comprimidos DE CBD, embora seja recomendado aumentar a dose gradualmente para evitar efeitos colaterais. Estes podem incluir náuseas e dor de estômago, no entanto, resolvem rapidamente uma vez que os comprimidos de CBD foram totalmente absorvidos através do sistema digestivo.

pessoa segurando kush verde, material para comprimidos CBD

Happy woman stretching
TOPIC

SIGN UP

Get daily updates
Sign up with your email address to receive news and updates.
silvia
Silvia is a freelance writer and medical cannabis activist who lives in Tacoma. When she’s not writing about cannabis or working to bring a better medical cannabis system to Washington, she likes to DJ, play adaptive sports and volunteer in his Tacoma community. She supports national legalization and the opening up of the medical cannabis market in all 50 states.
back to all posts
| Fevereiro 28, 2022
Bilhetes com óleo de canábis são a aposta para viagens mais suaves em Berlim em 2021
Bilhetes com óleo de canábis são a aposta para viagens mais suaves em Berlim em 2021 A operadora de transportes públicos de Berlim BVG apresentou um "bilhete de marijuana" comestível contendo óleo de canábis, que ela brinca ajudaria a aliviar o stress das viagens de Natal e aliviar o famoso mau humor dos berlinenses. A […]
<< read more
| Fevereiro 28, 2022
Os primeiros pedidos de licença de marijuana de Nova Iorque estão agora a ser aceites por uma tribo indiana.
Num comunicado divulgado na sexta-feira, a tribo referiu que tinha aprovado uma portaria em junho que aprovava a legalização da canábis recreativa e estabeleceu os seus próprios regulamentos. Os adultos com idades entre os 21 e os 21 anos estão agora autorizados a crescer até 12 plantas para uso pessoal, e a portaria estabeleceu um processo de licenciamento para empresas de licença de marijuana.
<< read more
| Fevereiro 28, 2022
Meladol, ideal para 1 noite de sono perfeita?
Num mundo cheio de informação e eventos, os problemas com o sono tornaram-se bastante comuns entre muitas pessoas em todo o planeta. A insónia pode ser uma consequência da ansiedade, stress, falta de hábitos saudáveis. Meladol pode ser um aliado valioso nestes casos.
<< read more
1 2 3 14
DIRECTORY
ARTICLES

Programs

Women Techmakets
Agency Program
Startup Launchpad

Programs

Phone
Name
Email

canna & co

cannabis company

Links

Magazine
Blog
Shop

Contact

Phone
Adrdress
Email
CANNA & CO, 2021 © All Rights Reserved | Desing by Tank Studio Lab
Political privacy | Terms & Conditions