Canábis para fins medicinais nos 6 melhores países: o guia definitivo
Fevereiro 28, 2022 by silvia

Canábis para fins medicinais em 6 países: o guia definitivo

Já sabemos como a legislação portuguesa lida com o assunto e como o progresso acontece, mesmo que ao ritmo de uma formiga em terras portuguesas, mas e noutros continentes? Como é que cada país lida com a questão da canábis medicinal nos seus territórios? Abaixo, vemos os detalhes sobre algumas nações, de acordo com a publicação HempMeds Br.

Brasil

Qual é a situação da canábis medicinal no Brasil?

Em 2014, ainda não existia uma disposição legal no país que permitisse o uso de produtos derivados da Canábis para tratamento de saúde. Mas algumas famílias, que já procuravam meios de acesso, recorreram à magistratura e tinham esse direito garantido através da obrigação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância da Saúde), a agência responsável pelo controlo destes produtos no país para permitir essa importação. A pressão destas decisões judiciais levou a Anvisa a criar o RDC 17/2015, o primeiro dispositivo que regulava a importação destes produtos mediante receita médica e autorização da Agência.

Com uma elevada procura de encomendas de importação no final de 2019, o tempo de análise desta autorização ultrapassou os 3 meses. Durante este período, o paciente não pôde iniciar o tratamento que lhe foi receitado pelo seu médico. Assim, reconheceu-se a necessidade de uma atualização da norma regulamentar. Esta atualização aconteceu com a aprovação do RDC 335/2020, no início do ano passado. A nova resolução facilitou significativamente o processo, exigindo menos documentos e informações e aumentando o período de validade do registo. Estas medidas reduziram o tempo de análise para cerca de 10 dias, atendendo um pouco melhor às necessidades dos doentes.

Para alargar o acesso a produtos derivados da canábis medicinal para doentes, o RDC 327/2019 entrou em vigor no início do ano passado, aprovado no final de 2019. Esta resolução permitiu que os produtos fossem disponibilizados nas farmácias e farmácias do país, desde que cumprissem uma série de requisitos técnicos da Anvisa, algo semelhante à compra de medicamentos controlados. No entanto, esta resolução ainda não cumpriu o seu objetivo: apenas um produto cbd isolado está disponível nas farmácias no momento da publicação deste artigo.

Em junho deste ano, a Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou o PL 399/2015. O projeto pretende alargar o acesso a medicamentos derivados da Canábis no Brasil, permitindo não só o cultivo em território nacional por empresas e associações de doentes, mas também a exploração para outros fins industriais, como os géneros alimentícios; e a utilização de fibras, que podem ser utilizadas principalmente nas indústrias têxtil e civil. Será ainda necessário obter autorização dos respetivos organismos governamentais competentes para cada área, como a Agência Nacional de Vigilância sanitária (Anvisa) no caso da produção de medicamentos ou do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) no caso de utilização veterinária ou industrial.

Os deputados contra a proposta de lei interpuseram recurso, e o projeto de lei ainda está em análise na câmara e tem de passar por uma sessão plenária na Câmara dos Deputados. Saiba mais sobre PL aqui.

canábis medicinal existe individualmente em 6 países!

Uruguai

O Uruguai tornou-se o primeiro país do mundo a legalizar a planta tanto para uso medicinal como adulto. Tal como todos os regulamentos, o modelo uruguaio tinha as suas particularidades: para além da questão da saúde, centrou-se também na luta contra o tráfico de droga. A premissa era deixar o governo único responsável pela venda destes produtos, licenciando empresas produtoras. Mas foram lentos a serem disponibilizados, e os envolvidos depressa se viram com várias limitações: problemas ligados aos bancos estrangeiros; variedades de baixa potência; fornecimento insuficiente, entre outros. Estes problemas impediram que o país ganhasse maior destaque na cena global. Ainda assim, no ano passado, o Uruguai fez grandes exportações de canábis medicinal para outros países.

Canadá

Qual é a situação da canábis medicinal no Canadá?

O uso medicinal da canábis no Canadá está regulamentado há mais de 20 anos, tornando-se um dos primeiros lugares do mundo a regular o acesso a produtos de canábis. Em 2001, a Health Canada, uma agência semelhante à Anvisa, iniciou o programa de canábis medicinal que permitia o acesso a produtos cultivados internamente ou vendidos diretamente pela Agência. Em 2018, o país tornou-se o segundo do mundo a legalizar o cultivo, posse, compra e consumo de Canábis também para fins adultos.

Argentina

Em 2020, o país legalizou o auto-cultivo da Canábis para fins medicinais. Os novos regulamentos permitem a venda de óleos, cremes e outros derivados da fábrica em farmácias autorizadas. Para obter autorização, é necessário ter uma receita médica e ter dado o consentimento correspondente. Quem cultivar deve inscrever-se no Registo do Programa canábis do Ministério da Saúde, que emite os lançamentos.

Qual é a situação da canábis medicinal na Argentina?

Israel

Com a investigação liderada pelo químico búlgaro Raphael Mechoulam, Israel foi pioneiro nas descobertas científicas que revolucionaram o conhecimento sobre a Canábis e os seus efeitos terapêuticos mesmo na década de 1960, quando a planta era ilegal em quase todo o planeta.

O uso medicinal também é generalizado. Desde a década de 1990, os doentes com cancro ou outras doenças graves podem utilizar legalmente os produtos – incluindo a administração inalado – para fins medicinais.

O país continua na vanguarda da investigação e desenvolvimento da fábrica. A expansão do mercado noutros países fez com que Israel também permitisse a sua exportação, e hoje tem uma presença ainda maior no mercado global.

E.U.

Qual é a situação da canábis medicinal nos EUA?

Cada Estado dos Estados Unidos tem a autonomia de adotar os seus próprios regulamentos, embora seja diferente do estipulado federalmente. Por esta razão, há vários anos que alguns Estados têm menos restrições ao uso medicinal, como a Califórnia, que foi pioneira no regulamento desde 1996. Atualmente, vários estados também legalizaram o uso de adultos.

Os Estados Unidos têm uma lei federal que regula apenas a produção e uso de cânhamo, uma variedade de Canábis que produz menos de 0,3% do THC e é rica em CBD, em todo o país.

Com estatuto legal a nível federal, os produtos com níveis de THC até 0,3% são encontrados em muitos lugares, desde farmácias a supermercados e lojas de conveniência.

Gostou de alguns dos regulamentos relativos à canábis medicinal nestes 6 países? Verifique mais:

Happy woman stretching
TOPIC

SIGN UP

Get daily updates
Sign up with your email address to receive news and updates.
silvia
Silvia is a freelance writer and medical cannabis activist who lives in Tacoma. When she’s not writing about cannabis or working to bring a better medical cannabis system to Washington, she likes to DJ, play adaptive sports and volunteer in his Tacoma community. She supports national legalization and the opening up of the medical cannabis market in all 50 states.
back to all posts
| Fevereiro 28, 2022
Bilhetes com óleo de canábis são a aposta para viagens mais suaves em Berlim em 2021
Bilhetes com óleo de canábis são a aposta para viagens mais suaves em Berlim em 2021 A operadora de transportes públicos de Berlim BVG apresentou um "bilhete de marijuana" comestível contendo óleo de canábis, que ela brinca ajudaria a aliviar o stress das viagens de Natal e aliviar o famoso mau humor dos berlinenses. A […]
<< read more
| Fevereiro 28, 2022
Os primeiros pedidos de licença de marijuana de Nova Iorque estão agora a ser aceites por uma tribo indiana.
Num comunicado divulgado na sexta-feira, a tribo referiu que tinha aprovado uma portaria em junho que aprovava a legalização da canábis recreativa e estabeleceu os seus próprios regulamentos. Os adultos com idades entre os 21 e os 21 anos estão agora autorizados a crescer até 12 plantas para uso pessoal, e a portaria estabeleceu um processo de licenciamento para empresas de licença de marijuana.
<< read more
| Fevereiro 28, 2022
Meladol, ideal para 1 noite de sono perfeita?
Num mundo cheio de informação e eventos, os problemas com o sono tornaram-se bastante comuns entre muitas pessoas em todo o planeta. A insónia pode ser uma consequência da ansiedade, stress, falta de hábitos saudáveis. Meladol pode ser um aliado valioso nestes casos.
<< read more
1 2 3 14
DIRECTORY
ARTICLES

Programs

Women Techmakets
Agency Program
Startup Launchpad

Programs

Phone
Name
Email

canna & co

cannabis company

Links

Magazine
Blog
Shop

Contact

Phone
Adrdress
Email
CANNA & CO, 2021 © All Rights Reserved | Desing by Tank Studio Lab
Political privacy | Terms & Conditions